Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2015

Mundo mal frequentado!

Não resisti a partilhar este episódio que hoje se passou comigo. Ainda estou um pouco irritada e preciso mesmo de desabafar! Recebi há dias mensagem de um homem que em tempos conheci. O fulano de seu nome G., veio novamente rondar e saber como estava, com a habitual estória do bandido. Sim, quando o conheci esse dito sr era casado e tinha um filho, factos que por sinal só veio a revelar mais tarde. Cortei relações, apaguei número de telemóvel e email para jamais cair em tentação. Afinal de contas, não gostaria de estar no papel da dita esposa de seu nome C. e ser traída sem dó nem piedade. Pois hoje, veio com a conversa de que a vida dele tinha mudado, que tinha dado umas voltas e na altura só me ocorreu o seguinte: "a típica cantiga do bandido". Estava no café quando li a mensagem e até proferi tais palavras em voz alta. Foi espontâneo e intuitivo! E não é que a minha intuição não me enganou?! No entanto, fiquei a congeminar e a pensar que poderia estar a julgá-lo de forma…

Ainda acredito...

Resolvi voltar à escrita, pelo menos aqui pelo blogue. Tenho-o feito mas apenas no meu caderninho, no Diário de Bordo. Porque não tentar novamente por aqui? Não tenho conseguido atingir um grande público, nem tampouco um pequeno, mas pode ser que algum dia me leiam e possam partilhar um pouco da vossa estória comigo, tal como eu faço com vocês.  Por aqui a vida não tem estado fácil! Tentei, tenho tentado mudar um pouco a minha vida e até pensei que tivesse encontrado um rumo. Sim, caí na habitual estória de amor, em que sonhava que finalmente tinha encontrado a pessoa certa e que realmente ia ser feliz. Pura ilusão! Mudei minha vida, cortei relações e para quê? Para levar um pontapé na bunda do homem que mais amei até agora. E olhem que já vou a caminho dos 35 anos! Apesar das coisas nunca terem sido fáceis entre nós, das constantes brigas pelo facto de ambos desejarmos coisas diferentes, a verdade é que sonhei que poderia ser o tal. Por enquanto, não quero entrar em mais pormenores.…